2 de março de 2010

Sabe...

Sabe...
Ás vezes, eu desejo ser fada, libélula, borboleta,
bruxa, algum ser encantado ou simplesmente o vento,
só pra chegar de leve até sua janela
e ter a certeza de que você está bem,
te daria um abraço invisível,
mas magicamente gostoso como só eu sei dar.
Depois iria sair tal como cheguei:
sem que ninguém me notasse.
Queria fazer isto só pra saber que você está bem...
E quando, por acaso você não estivesse bem.

Eu iria ficar ali invisível
cuidando de você até que ficasse bem,
sem que ninguém soubesse.
Tudo isso porque te amo e tenho por vocô
um forte bem querer.
By H. Strega

2 Comments:

  1. reltih said...
    muy, muy dulce. te amo
    besos
    Helô Strega said...
    Pois é!
    Quando o coração pulsa legal a escrita fica assim doce e gostosa, reflexo do momento vivido.
    Beijinhos!!!

Post a Comment



Runas

Tarô

Minhas Músicas

Template by:
Free Blog Templates