31 de março de 2011

Pena

 
Como uma pena, minha alma flutua leve,
pelo simples fato de te ver. 
Ontem você estava morto, 
hoje por algum milagre, 
às escondidas você veio me ver.
Gosto de ser o motivo de sua ressurreição. 
Fico feliz por saber que você está
mais vivo do que eu. 

By Helô Strega

1 Comment:

  1. poesia perfume da alma said...
    Olá parabéns suas poesias são maravilhosas ....
    ameiii !!!

    Afagos na alma .

Post a Comment



Runas

Tarô

Minhas Músicas

Template by:
Free Blog Templates