4 de fevereiro de 2010

Pessoa Mascarada...


Pessoa Mascarada...

Lá vai novamente aquela pessoa
no seu armário da vida, todo ele vestido de céu,
usar guarda chuva e até chapéu...
Ver no espelho de sua atuação,
qual máscara cabe melhor à encenação:
a de quem ataca no palco com cara de boba e santa,
a de quem é vítima e chora
ou a de quem atua explodindo em raiva.
Mas é tudo encenação...
Bem... Passageiro.
Como a idéia da frase do filosófo Heráclito
que diz que tudo passa, passa, passa e passa.
Vamos sentar e assistir o show que é de graça!
Pois daqui a pouco ele passa...

By H.Strega

3 Comments:

  1. Karina said...
    Ei!!adorei!!!Deste criança mascaras me fascinam,desde aquelas de Veneza até aquelas de teatro Kabuki...não que goste das faces paradas e frias,feias ou endiabradas...gosto das bocas sem palavras,dos olhos sem lagrimas...acredito que é a expressão que me deixa pasma,passada e com vontade de ter conhecido que inspirou essa forma de rir ou de chorar,ou até de demostrar ira,felicidade,serenidade ou a tal maldade...vou enfrente acreditando que mascara é apenas para enganar,não para sonhar!!!!
    Helô Strega said...
    Ei Karina!
    Obrigada pelo comentário!
    Sempre também fui fascinada por máscaras, tanto que até fui fazer teatro por 3 anos, andei aki pela cidade, mas a coisa deu muito certo e o grupo começou a ir pra fora do estado e eu optei sair, pq tinha outros planos pra mim mesma, mas sinto falta de palcos, não há num um grão de timidez em mim rsrs....
    Lindo o que vc disse sobre as máscaras de Veneza, um dia ainda vou em uma festa lá, vou andando buscando ter a mesma perspectiva que vc...
    Um abraço das montanhas que você veio visitar, mas esqueceu de me dar o abraço!
    Inte+!
    Karina said...
    Ei!!menina!!o prudencia não me deixou ir!!!Bjos

Post a Comment



Runas

Tarô

Minhas Músicas

Template by:
Free Blog Templates