6 de novembro de 2010

Encontros da Vida


Encontros da vida.

Quem poderia imaginar
que minha alma gêmea
iria estar solta aí pelo mundo virtual?
Os dedos dançavam no teclado;
uma dança de dedos papeantes.
Papos daqueles que alteravam
as sensações físicas à distância.
Distância que fica curta, às vezes, ela quase nos surtava.
Distância que faz o encontro de diferentes pontos geográficos,
por uma simples conexão.
A gente quis pagar pra ver; fizemos mais e mais conexões.
Só para saber como tudo se processaria ao vivo.
Mas para isto foi preciso ter coragem.
Isto mesmo!
Coragem de enfrentar o medo da rejeição.
Coragem de tentar encontrar o fragmento
de felicidade que nos falta dentro outro.
Coragem de sem querer ficarmos apaixonados ainda mais.
Mas fomos corajosos.
E rompemos todos os mitos,
criamos nossos ritos,
inventamos nossas trilhas sonoras,
nos identificamos com personagem de filmes,
tivemos ajuda e apoio de amigos,
gente que torce por nós até hoje.
Pois bem! Foi da tela do mundo virtual,
que encontrei minha alma gêmea,
e vivo com ela um amor mais que real.
Foi bem assim que eu aprendi a fazer magia:
Eu sou o Sol namoro todos os dias a Lua.
Nenhum tempo divino ousou nos separar,
os dias agora terão que inventar uma outra forma de se contar.
Se não aprenderem a se auto-contar, melhor ainda:
sabemos que seremos eternamente felizes.

By Helô Strega

PS.: Rabisco feito para um casal especial que c
onheci e que sei que o amor deles
 de verdade deu certo.

1 Comment:

  1. Gersonita Paula said...
    Helô Strega,

    Fiquei feliz por vc não apenas ter pintado o seu dia, mas porque também resolveu "pintar" lá no blog Poemas e Avessos!...rs...

    Tenho vindo aqui. Gosto do que escreves, como escreves. Um gostar gratuíto, um abraço na minha alma!

    Beijos!

    Parabéns, moça. Seu Blog é muito especial.

Post a Comment



Runas

Tarô

Minhas Músicas

Template by:
Free Blog Templates