21 de junho de 2009

Por que me maltratei tanto?

Por que a dor é grande?

Por que a felicidade não chega inteira?

Por que tem gente

Torcendo contra?

Por que a vida dá voltas?

Por que nas voltas que a vida dá

Só eu me sinto tonta?



Tonta em todos os sentidos etnológicos...

Por que existem pessoas,

Amores e amigos antigos

Que fazem questão de pisar

Nos meus segredos e dores

Que no passado foram partilhados?

Porque eu as deixo fazerem isto?

Estão cravando facas bem no meio de minha

Mais frágil ferida...

E de longe sabem que estou

Morrendo de dores a ningua

Pois o meu grito do dor

Não ecoa mais...

Fatos me matam aos poucos

Vejo em certos lábios, um alegre sorriso

Que minha dor lhes traz.

Em relação a tudo que vivo

A única culpada sou.


Mas é difícil entender que se está, só

Em certos momentos de dor...

Que a felicidade é utopia

Que os amigos se foram

Que não há mais jornada a viver

A não ser a própria jornada de viver triste.

E morrer por falta de amor...



Cada dia que passa

Vejo pessoas brincando de pseudo-felicidade

Que esqueceram do que se diziam ser.

Na verdade chego a conclusao:

De que suas identidades nunca foram

Verdadeiramente reveladas

Que me deixei envolver por um mundo de aparências.

Que agora perto da morte,

Olho com mais clareza

A paisagem que eu via ou imaginava ver e viver.

Hoje tudo não passam de borrões

Sem imagens definadas...

Sem mensagens claras...

Que tinha como propósito

A elaboração de ilusões.


Como pude me maltratar tanto?

Como mudar a minha história?

Como voltar a sorrir?

Sei que tentar ainda vale à pena!

Mas ainda não sei como voltar a viver.

Voltar a sorrir, sonhar, dançar, confiar, criar...

Minha esperança é de que eu possa

Ao menos aprender a não mais me maltratar

E não deixar que outros tentem fazer isto comigo.

Meus Deus me ajude a ser capaz e seguir em paz!!!

Amém!

By H.Strega



4 Comments:

  1. Anônimo said...
    Segunda na escola te darei um abraço.
    Estou chorando :(
    Com as coisas que escreve.
    Um beijo de Alguém que lhe quer bem.
    H.Strega said...
    Quem é você?
    Segunda é o dia que trabalho em tanta escola, aff!
    Mas obrigada!
    Gostarei de receber seu abraço!
    Um beijo e espera de seu abraço!!!!
    H.Strega said...
    Que pena Alguém, ontem não fui trabalhar, pois estive dodoí o dia todo só saí de casa a noite para ir ao Hospital, pois a medicação que estava tomando não estava fazendo efeito.
    :(
    Num ganhei seu abraço, aff!
    Um beijo
    Anônimo said...
    Pois é.
    Mas fique tranquila sempre que posso arrumo formas de abraçar vc.
    Te amo!



    Alguem que lhe quer bem!

Post a Comment



Runas

Tarô

Minhas Músicas

Template by:
Free Blog Templates