20 de junho de 2009

Por toda Eternidade

O frio fez a gente se abraçar

O abraço nos aqueceu.

O sereno que caía

Se misturou com emoção e lágrimas,

Um beijo molhado aconteceu.

O russo, atmosfera nebulosa que estava na rua

Dos olhos alheios nos escondeu.

E só nos dois sabemos

O que entre nós aconteceu...

Ainda não sei se foram segundo ou horas.

Tudo que sei é que os momentos vividos,

Por toda eternidade não hei de esquecer.



By H.Strega




2 Comments:

  1. Rosemildo Sales Furtado said...
    Sabe querida, eu também jamais vou esquecer. Brincadeira.

    Passei para te desejar um ótimo final de semana, e aproveito para te dizer que adorei o poema.

    Beijos,

    Furtado.
    H.Strega said...
    Obrigada!
    Você é um amor Furtado!
    Tenha um bom fim de semana!
    Beijos!

Post a Comment



Runas

Tarô

Minhas Músicas

Template by:
Free Blog Templates